divórcio, separação, filhos, apoio emocional
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se    

Compartilhe | 
 

 A recomeçar...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Just
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 2642
Data de inscrição : 10/07/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 8:06 am

Minha linda e gulosa amiga

Desculpa lá que te diga, mas tu não serves para comparações.

O teu ex é a tua galinha dos ovos de ouro e parva serias tu se entrasses em conflito com ele. Recebes tanto de pensão de alimentos para 1 filho como algumas mulheres têm para viver com os filhos. E ias entrar em guerra com um homem desses? bem parva serias.


As regras têm sempre uma excepção. Nesta és tu (felizmente para ti)
Voltar ao Topo Ir em baixo
fsonecas
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 6303
Data de inscrição : 22/02/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 8:14 am

Pois Just, agora sei como farias as coisas.
Infelizmente de nada me serve. Smile

Seja como for... está resolvido.

P.s. - E enganaste, em parte, em relaçao á princesa. Apesar de tudo o que dizes, ela confronta-o em tudo o que acha de errado, nao deixa arrastar as coisas e jamais concorda com algo que ele diga apenas para evitar uma "guerra"....
Voltar ao Topo Ir em baixo
mbprincesa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3761
Data de inscrição : 16/07/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 8:15 am

Meu guloso amigo,

Eu sou uma excepção mas, com toda a certeza, não é porque o meu ex é a minha galinha dos ovos de ouro... é porque eu sempre fui direitinha com contas com todas as pessoas!

E como ele sabe disso nem pensou duas vezes em emprestar-me o dinheiro. Sabe que eu não me sujo nem por 1 € nem por 1.000 €.
Na minha modesta opinião a isto chamamos principios! Os meus pais sempre foram assim e sempre me transmitiram esses valores!

E sim... o tipo tem muita nota, paga uma boa pensão que te garanto não lhe faz diferença nenhuma e serve para manter o nível de vida que ele quer que a filha continue a ter (colégio xpto, roupa xpto, etc...).

E só para me conheceres um pouco melhor... se tiver que entrar em guerra com ele por alguma coisa que mereça te garanto que o faço! Tenho um feitiozinho....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Adelaide
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 465
Data de inscrição : 11/05/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 9:03 am

Just escreveu:
Quando se trata de dinheiro, nunca confies em ninguém, e muito menos numa mulher.

Continuo a afirmar:

Não sei com quem o sr se dá, mas com boas companhias não deve ser de certeza!!!!

Mad

Ainda bem que há excepções, e eu tou nesse grupo de certeza!!!! (sou como a princesa, contas são contas e não há cá pão para malucos!!!!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
mbprincesa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3761
Data de inscrição : 16/07/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 9:08 am

sabes Adelaide... eu acho que há muitas excepções (felizmente...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Adelaide
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 465
Data de inscrição : 11/05/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 9:11 am

mbprincesa escreveu:
sabes Adelaide... eu acho que há muitas excepções (felizmente...)

Eu tb acho mas, se calhar, os exemplares que lhes calharam na rifa são do outro grupo lolol Laughing Laughing Laughing Laughing


A mim calhou-me o inverso: acha que a PA dá e sobra e já inclui tudo, apesar de no acordo vir lá estipulado preto no branco que é a dividir aquelas despesas do costume. Resultado: tou a arder em alguns milhares de €. Vamos ver o que o tribunal vai decidir...


Última edição por Adelaide em Ter Out 19, 2010 9:14 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
mbprincesa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3761
Data de inscrição : 16/07/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Out 19, 2010 9:12 am

Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando 1
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 87
Data de inscrição : 14/10/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Out 22, 2010 3:28 pm

Posso estar a ser chato mas tenho duvidas sobre as dividas que a minha ex tem e se alguém me poder ajudar agradecia.
Ela trabalha a recibos verdes, não bastando não declarar o que recebe já não paga à segurança social à mais de 3 anos... como o mínimo são 150€ x 36 meses são 5400 €
será que eu ainda vou ter que pagar esta conta?
Voltar ao Topo Ir em baixo
mbprincesa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3761
Data de inscrição : 16/07/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Out 22, 2010 4:28 pm

Sinceramente não me parece... os descontos são dela...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mario
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 2265
Data de inscrição : 03/08/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Out 22, 2010 5:30 pm


Tambem me parece q esse tipo de responsabilidade é apenas do proprio mas nada como ir às Finanças e à Seg. Social e perguntar
Voltar ao Topo Ir em baixo
reserva77
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/02/2011

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Qui Fev 17, 2011 4:31 pm

boas noites

gostava de expor aqui uma duvida que me anda a atormentar para dar seguimento ao divorcio. casei com quem já considero a minha ex-mulher em regime de adquiridos, estamos separados, a casa é minha de solteiro o carro é meu de solteiro. ela já tirou todo o seu recheio que cá tinha, tudo bem da vida. a questão que se impõe aqui é que compramos um carro para ela enquanto casados. o carro é dela e anda com ele, eu quero é o meu nome fora do credito para dar seguimento ao divorcio e não vir ter dissabores no futuro. alguem me pode ajudar no que devo fazer, porque já vi que não à interesse dela para resolver isso. e visto que eu não deixo nenhuma divida com o nome dela tambem não acho justo ela ficar com uma divida com o meu nome.
obrigado por lerem este pedido de ajuda

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rocana
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 465
Data de inscrição : 10/02/2011

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Fev 18, 2011 6:00 am

Se a conta está em nome dos dois... um de vós abre nova conta (talvez ela, visto que tu já tens carro) e pede um crédito para pagar a dívida anterior. Encerram a conta comum... e ela fica a pagar a dívida da conta que está em nome dela. Dá para fazer no mesmo banco, mas é claro... é preciso ter condições de acesso ao crédito. Se quiseres complicar, ela terá que te pagar metade do valor que tu já contribuiste para esse carro... mas, se calhar é como tu dizes... tudo bem da vida. Comigo, pelo menos foi assim, tudo bem da vida, em relação à parte material: tentar não complicar muito, e pensar que ambos merecem conforto, principalmente quando há filhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
reserva77
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/02/2011

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Fev 18, 2011 11:25 am

boa tarde e obrigado por lerem este post

eu acho que isso vai ser um problema, porque penso que ela não vai conseguir o credito, visto ter sido praticamente o meu irs que eles (banco) tiveram em conta. o que paguei, paguei não quero saber. o que eu queria era mesmo não ter dissabores futuros ao estar associado ao credito
Voltar ao Topo Ir em baixo
xad
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 671
Data de inscrição : 04/01/2011

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sex Fev 18, 2011 12:17 pm

Reserva 77

Passem no banco e solicitem a alteração do titular...ou seja , sais da conta e do crédito ...para isso o banco tem de autorizar a saída de um de voces...se o banco não concordar , por algum motivo a única solução é a venda do bem ou a sua liquidação para que fiques livre do encargo.
Xad
Voltar ao Topo Ir em baixo
asofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 12/03/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sab Fev 19, 2011 4:57 am

Bem talvez alguem me possa ajudar

sai de casa e deixei tudo para tras, apenas quis o meu menino á minha guarda (ao qual ele disse há sim fica tudo combinado, tu queres o menino eu quero a casa).
A casa era uma quinta que inicialmente tinha apenas 1 quarto um wc e uma sala com cozinha junto, mas no ultimo ano de casamento 2006, estavamos a aumentar e estavamos a construir um jardim interior, 3 quartos com wc e no piso inferior 3 grandes salas. Enfim mas nada compensava o ficar sem $ para o meu filho.
Pedi que ficasse com o buggy que tinha sido do meu pai que morreu cedo e que o meu pai tinha comprado à minha mae, mas que depois de casarmos em 1998 (eu com 19 anos e ele com 22) o meu ex-marido comprou ao meu tio dizendo que era uma prenda para mim.
Depois ele achou por bem afinal deixar-me ficar com o BMW wm 5ª mão um frigorifico e um microondas, pois afinal precisava de aquecer o leite para o nosso filho. Ainda achei que o gesto lhe tinha ficado bem.
Resumindo, como já expliquei noutro post as coisas começaram a piorar assim que os papeis do divorcio por comum acordo vieram autorizados.
Tinhamos entre nós assinado 1 documento onde dizia que ele ficava com a casa e a pagar a casa (apresentou mais 3 fiadores e o banco deixou-me sair do emprestimo graças a Deus), o buggy e o BM ficavam para mim e para ele alem da casa ficava o tractor. Tinhamos ainda 1 semana de férias que deveria ser vendida e o produto da venda dividido pelos 2.
Não estava descrito mas existia ainda 1 mesa snooker que estava no café da irmã dele mas que tinhamos comprado a meias e que de modo a partir a "sociedade" eu pedi a mesa porque eles tinham outra e eles ficariam com o restante que era comum (matraquilhos e setas) e fiquei.
Os documentos na conservatória não foram aceites com o que ficava para quem, mas apenas com o que existia e respectivos valores.
Em ambos os documentos achamos que o resto do recheio da casa não necessitava ser posto, pois queriamos mesmo despachar o assunto e assim como assim eu tinha dito que ele poderia ficar com tudo sendo que ainda me deu 1 candeeiro, um aspirador porque eu tinha alergias e uma televisão velha, pois tinhamos acabado de comprar uma nova para por nas novas salas que incluiriam uma sala de cinema.
O tempo passou e como disse as chatices começaram, pois também as coisas que afinal tinham sido para mim começaram a servir de desculpa para problema assim que começei a montar a minha casa nova onde vivia com o nosso filho.
Quando registei a casa só no nome dele fizemos também a passagem do buggy e do BMW para o meu nome.
Os documentos do BM vieram certinhos o do Buggy não foram aceites, pois afinal ele entregou 1 via dos documentos, mas já tinha outra e por isso não aceitaram a 1ª.
Começou insistentemente a pedir o candeeiro, depois queria o carro que tinha sido do meu pai e dizia que tinha já comprador para ele.
De nada adientou eu dizer que tinha um documento assinado pelos 2 em como o carro ficava para mim, pois a ideia dele foi fazer mossa visto que sabia que tanto eu como a minha familia queriamos o carro pelo valor afectivo.
Desde receber telefonemas de um suposto senhor a dizer que já tinha comprado o carro e de nada valer eu explicar a situação e que nao tinha recebido $ nenhum, tudo aconteceu.
Um dia (depois das minhas férias, das quais eu tinha informado que ia gozar os 15 dias de férias com o menino) cheguei a casa e o buggy tinha desaparecido da minha garagem!
Apresentei queixa na PSP (o ex-marido é GNR) e a resposta do PSP de serviço foi "mas o seu carro nem andava"...imaginem a minha cara de parva! Como sabia o PSP de que estava eu a falar, é que o carro não andava mesmo, mas tinha sido retirado da minha garagem particular. Ainda me disse que o carro já não estava em meu nome e de nada me valeu mostrar os documentos que tinha do carro nem do divorcio, pois o carro estava já registado no nome de 3ª pessoa. Fiz queixa por invasão de propriedade a qual o PSP não queria aceitar, mas não teve outra hipotese.
Abri inventário no tribunal e juntei certidão de divorcio, mais o documento que tinhamos os dois assinado. Como o ex era o mais venho ficou cabeça de casal.
Enquanto o outro processo do roubo/furto ou como queiram chamar corria no MP da cidade pequena em que ele era o GNR e eu a forasteira vinda de Lisboa, muito aconteceu até que fomos chamados para 1 acariação. Não é que o fulano escapou ileso!!! Disse que eu é que lhe tinha dado a chave para entrar na minha garagem. De nada valeu eu mostrar que a chave do carro estava comigo (a qual ele identificou como sendo mesmo) nem mostrar o documento que tinhamos assinado em como o carro era para mim (no qual ele confirmou que a assinatura era dele), pois inquirido pel,o ministerio publico disse que tinha mudado de ideias, levou um raspanete mas na conclusão do processo este foi arquivado porque ele disse que eu lhe tinha dado a chave da minha garagem! Ainda me mandaram ir la buscar a chave! Nem se deram ao trabalho de ver se a chave era daquela porta nem investigar como ele a tinha conseguido, pois eu dizia que não tinha dado chave nenhuma e ainda lembrei as queixas que tinha feito ali entrar por ameaça de morte, perseguição e tudo o mais, mas mais uma vez não me ligaram nenhuma. Por isso ladrões de Portugal ja sabem quando assaltarem uma casa ou foram apanhados com o produto do roubo basta dizerem que foi o dono que deu a chave... e agora arranjem lá os donos testemunhas para estarem 24h por dia com eles para mostrar que em nenhuma hora do dia lhes deram a dita chave!
Enfim...ainda havia o inventário...então e não é que sendo o sr o cabeça de casal poe na relação de bens o candeeiro, frigotifico, tv, semana de férias, aspirador, BMW (que já tinha passado para meu nome) e quando o meu advogado responde que apenas quero e reconheço porque assinado os bens juntos aos pedido de inventário sendo que a casa já tinha registado no nome dele, bem como o BM já ele tinha registado no meu nome...a resposta obtida é conferencia para licitações e quando lá chegamos o buggy já não entra porque ele diz que vendeu mas não sabe o valor nem tem papeis (diz ele. Pois sabe muito bem visto que é ele que tem o carro como o meu filho já viu no café da mulher do pai e o nome no registo é o nome do cunhado dele!) entra o que ele tinha posto na lista de bens e embora eu tenha dito com o meu advogado que isso não era assim nos obrigaram a licitar o que estava na relação de bens que ele tinha dado como cabela de casal! Pois parece incrivel mas é verdade.
Resumindo e concluindo dessa lista fiquei com a semana de férias, mas agora vim a descobrir que lhe enviaram os papeis para pagamento das anuidades e que ele nunca pagou, por isso mesmo que eu pague 2010 e 2011, não posso usufrui nem vender sem pagar os 1100 euros de toda a divida de anuidades acumulada!
O buggy quiser a continuar lutar por ele tenho que abrir outro processo e provavelmente já não o tenho de volta poraue está no nome de um terceiro (cunhado dele) e quanto muito vejo metado do $ da venda (ficticia). Qual será esse valor 100 euros?!
Alguem sabe de facto como se faz neste caso?
1º ele como cabeça de casal não devia ser responsavel por manter intactos e em bom estado os bens comuns? Eu agora é que fico 100% com a divida da semana de férias dos ultimos 5 anos, da qual nunca recebi nem os papeis para poder usufruir?
2º Qual a hipotese de eu rever o buggy?
estamos enregues á bicharada.
Hoje em dia vivo no Porto e sai daquele ninho de padrinhos que era aquele meio, mas de certo ainda muitos há por ai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Arisca
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2233
Data de inscrição : 09/07/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sab Fev 19, 2011 9:08 am

asofia escreveu:
Bem talvez alguem me possa ajudar

sai de casa e deixei tudo para tras, apenas quis o meu menino á minha guarda (ao qual ele disse há sim fica tudo combinado, tu queres o menino eu quero a casa)

Isto é triste... até fico espantada que a criança não constasse no inventário de bens.
Quanto ao resto, o melhor mesmo será arranjares um advogado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
reideespadas
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 1421
Data de inscrição : 09/06/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Sab Fev 19, 2011 2:22 pm

asofia o teu ex e uma vergonha para a farda que enverga, mas isso são outros quinhentos, o melhor para ti será falares não com 1 mas com 2 ou 3 adovogados e ouvir que eles têm a dizer afinal eles e que são os especialistas, no entanto no que toca á divida tendo em conta que é referente ao tempo em que estavam ainda casados penso que será responsabilidade mutua, independentemente de agora ser tua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
asofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 12/03/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Dom Fev 27, 2011 10:27 am

obrigada pelas vossas palavras
Voltar ao Topo Ir em baixo
tarasofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2012

MensagemAssunto: Round here (*) Seg Jan 23, 2012 6:32 am

Bem, por estes lados life sucks!

Sempre fui muito independente, sai de casa dos meus pais quando entrei para a faculdade para nunca mais voltar. Assim que deixei de estudar tornei-me económicamente independente, e felizmente sempre assim continuei ( ou então estava arruinada).
Após uma relação de 8 anos, em que 6 foram vividos 'em comum', esgotei... e após uma tempestade, pedi-lhe as chaves e coloquei os haveres dele na rua Exclamation
Muito indecente, eu sei... mas foi assim, no meio de um enorme drama que saiu apenas com o que era dele.
O pai do meu filho nunca nos viu como prioridade, mas sempre como recurso, viveu à minha sombra todos estes anos, e nunca contribuiu económicamente para nada ( excepto no ultimo ano em que fez o favor de pagar as conta da edp), nunca teve € para pagar a mensalidade do infantário, nem para comprar roupa ao filho...o que ganhava, gastava com ele.
Perdi-me no decurso da minha relação, pois ele afastou todos os meus amigos, com ciúmes e desconfianças. Perdi tudo, a auto-estima e a vida social foram-se até hoje. Eu parvinha, ainda hoje nem me passa pela cabeça outro homem...mas lá está, nós temos a tendencia de julgar os outros pela nossa 'bitola', mas quando me apercebi disso era tarde de mais.
Aceitei que, se nunca ninguem morreu de amor, não serei sem dúvida a primeira, no entanto porque raio não consigo andar para a frente? Afinal vivo muito mais tranquila, sem discussões nocturnas porque ele chegava bebado, sem noite acordada à espera de ele chegar ( quando chegava), sem o trabalho de cuidar de mais um filho grande.
Porque insisto em manter uma coluna de almofadas a ocupar o lugar dele na cama, porque tenho frio durante a noite? Quando vou acordar finalmente de bem com vida?
Bem a crise deve ter causado corte definitivo na luz ao fim do túnel.
Life really sucks
Voltar ao Topo Ir em baixo
dulia
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1446
Data de inscrição : 17/11/2008

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Seg Jan 23, 2012 6:46 am

Olá tarasofia Smile

Quanto a ter frio de noite, dou-te este conselho, compra lençois termicos Very Happy, vais ver que resulta!!!
Agora falando mais serio, nao te preocupes que o que tu sentes é completamente normal. Mudar custa e demora muito, seja lá a que for a que estejamos habituadas.
Leva o dia a dia com calma, vais ter muitos baixos, muitos muitos muitos, mas a boa noticia é que um dia isso tudo passa e vais-te dar por feliz de seres quem és e de teres tido a coragem de pores o individuo a andar. Pessoas que so nos puxem para baixo, nao sao bem vindas.
De resto, começa a pensar em ti e apoia o teu filhote que situaçoes destas custam muito a ultrapassar. Uma hora de cada vez e nao faças muitos planos, simplesmente vais vivendo.

Boa sorte! Tenho a certeza que vais conseguir, agora conta que a maioria dos homens que venham a seguir nao saibam é lidar com uma mulher independente Wink

P.S. Já viste a fabulosa idade que tens??!!! Aproveita-a bem!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
analu
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2596
Data de inscrição : 12/01/2009

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Seg Jan 23, 2012 7:20 am

Tarasofia, somos uns animais de hábitos, como tal, fugimos da mudança como o diabo foge da cruz Smile
Nada que não se ultrapasse, daqui a uns tempos voltas é a ter dificuldade para dormir acompanhada Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
tarasofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2012

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Seg Jan 23, 2012 8:38 am

Obrigada pela força... mas de facto eu não esperava que fossem facilidades, só que já passara mais de 14 meses, e o estado de 'fossa' não alivia, pelo contrario.

Não cobiço o convivio com o sexo oposto, aliás nenhum tipo de convivio... só me apetece trancar-me em casa. Ás vezes a ideia das carapaças das tartarugas ou as cascas dos caracoís parecem-me uma evolução tão tentadora que as invejo.

Odeio ter de responder quando me perguntam como ele vai ( os conhecidos que ignoram a separação), odeio quando alguem tenta apanhar um terno com um duque para saberem se eu 'ando' com alguem, odeio quando alguem conspira sobre o meu estado de mãe solteira, 'coitada' de mim. Odeio quando comentam que saio à noite... se saio é porque me 'disponibilizo', se não saio é porque me 'deprimo'. Odeio que sequer reparem que eu existo. Principalmente odeio o facto de me manter 'on hold' mas a verdade é que a imagem de uma ostra, que se fecha nas suas conchas, de forma tão acolhedora e confortável seduz-me.

Os dias maus superam de longe aqueles em que a primavera me parece ao virar da esquina.
Voltar ao Topo Ir em baixo
mj_magalhaes
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 137
Data de inscrição : 12/03/2011

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Seg Jan 23, 2012 11:10 am

Olá tarasofia. És livre e desimpedida há "mais de 14 meses", o que legitima que, se assim o quiseres, saias à noite, que te disponibilizes, que te deprimas, que te mantenhas "on hold" até sentir não mais o desejar, que compres lençóis térmicos, ou algum sucedâneo Smile, que continues a dormir rodeada de almofadas,... , enfim, aquilo que desejares, sem valorar opniões de terceiros, em especial as maldosas, tendenciosas ou preconceituosas.
Segue a tua vida, passo a passo, sem valorar aquilo que outros possam dizer. Aliás, o sair só te vai fazer bem, o criar ou re-estabelecer amizades, assim tu o queiras, melhora.te o estado de ânimo, ser-te-à beneféfico.
Dúlia, aquela observação acerca das mulheres independentes é interessante, só me custa a crer que abarque a maioria deles, mas admito que possa ter algum fundo de verdade. Smile
Boa semana, meninas. Tudo de bom
Voltar ao Topo Ir em baixo
fontelense
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 383
Data de inscrição : 02/03/2010

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Ter Jan 24, 2012 5:26 pm

Exactamente, és dona e senhora do teu destino, e acima de tudo podes rodear-te do que te faz bem, de quem te valoriza e anima. Tu tens esse poder de escolha! Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
tarasofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2012

MensagemAssunto: Re: A recomeçar... Qui Jan 26, 2012 6:45 am

Obrigada , mais uma vez pelas vossas palavras.

facto de ser livre e desimpedida, de ser auto-suficiente e blá blá blá não mitigam o vazio que há em mim. Ajudam muiiito por um lado...

Felizmente o trabalho profissional e o de gata borralheira mantem-me ocupada Q.B. mas não é por isso que não dou por mim a pensar tantas vezes que gostava poder descansar, baixar guarda, não ter me me preocupar e sentir-me segura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A recomeçar...

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A recomeçar...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Divórcio :: LIDAR COM O DIVÓRCIO :: Períodos pós-divórcio-
Ir para: