divórcio, separação, filhos, apoio emocional
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se    

Compartilhe | 
 

 Relações pós-divórcio: um tormento?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 14 ... 22  Seguinte
AutorMensagem
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Seg Set 22, 2008 5:07 pm

Concordo com a Ana com a Nikita e com a Lola, tens de dar tempo ao tempo. Acho que todas nós nos sentimos sozinhas e carentes, mas temos de aprender a estar sozinhas e a conhecer-nos. Claro que não me importava de ter essa pessoa que me arrebatasse o coração e de estar numa relação saudável e feliz. What a Face

E não te sintas mal por te sentires assim, pelo menos é sinal que não tens medo de amar de novo Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
pac
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 31
Data de inscrição : 18/09/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Seg Set 22, 2008 5:12 pm

Acho que é uma questão do ser humano e não só relativa a género.
Como homem também sinto por vezes as mesmas coisas que tu relatas, parece que olhando em redor só se avista deserto e as pessoas acabam por desiludir facilmente.
Não damos espaço e tornamos exigentes, mas porque assim tem que ser.
Mas quero acreditar que, para todos, há um oásis á espera de ser descoberto Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rosa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 582
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 2:37 am

Su

todos nós nos sentimos carentes.

Faz sempre falta um mimo, um andar de mãos dadas, uma carícia...o sentir que somos importantes para alguém.

Mas fazer dessa procura um objectivo é um erro, principalmente quando procuramos uma relação para esquecer a anterior ou sem termos esquecido totalmente o nosso/a ex.

Temos, antes de mais, de nos reencontrar a nós mesmos.

Não te preocupes porque quando menos esperares, amor acontece... Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
sandra
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1005
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 2:47 am

É exactamente o que diz a Rosa... e quando encontrares aquela pessoa q te desperta algum interesse... é a velha questão da "Gestão das expectativas"... Aproveita os momentos... não queiras viver tudo tão depressa... às tantas até estás a mascarar sentimentos... é mais a pressa de não estar sózinha ... q deixas de ser "selectiva"... vais-te enganado... e magoando cada vez mais...
É bom sentir crescer os sentimentos... namorar é tão bom... mas não deixa de ser um processo de "nos conhecermos melhor" como está na moda dizer... se deu certo, óptimo... se não... paciência... mas com calma, senão são decepções atrás de decepções...

E de facto... 27 anos... hui... com esa idade nem era casada ainda... nem sei se ja teria conhecido o meu marido... Very Happy

Aproveita o q de bom tem a vida... conhecer pessoas sem fazer castelos no ar... apenas pelo prazer de conhecer pessoas novas... e assim vais sarando as feridas... ficando mais forte... até que um dia... "Love is in the air... everytime i look around!"

Sandra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rosa
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 582
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 2:51 am

essa eu assino por baixo Sandra!!!! cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
SA
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1975
Data de inscrição : 16/06/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 2:54 am

OLá Su,

Eu acho qeu quanto menos se procura, mais se encontra...acho que nã ote deverias preocupar tanto com isso...
Deixa rolar e cuida de ti.
SA flower
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tuca
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 195
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:09 am

Su,
revejo-me em tudo o que escreveste, é realmente dificil encontrar-se a pessoa certa, mas também não faço disso o principal objectivo da minha vida. Acho que quando menos esperar ele vai acabar por aparecer, nem que demore alguns anos até encontrá-lo... Até lá temos de aproveitar a vida e ir conhecendo pessoas novas, pode ser que entre elas esteja o nosso principe.
Beijos Marta
Voltar ao Topo Ir em baixo
micha
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 21
Data de inscrição : 22/09/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:51 am

É dificil, são momentos complicados e por vezes ficamos mesmo descrentes, o principal é não desistir e focarmos mais em nós.
Quanto melhor nos conhecermos melhor capacidade temos em encontrar relacionamentos diferentes dos anteriores.
Ainda ontem na SIC passou uma reportagem de mulheres divorciadas, e nessa reportagem falava-se de como procuramos sempre os mesmo homens, os mesmos relacionamentos, isto porque não nós conhecemos bem.
Eu propria estou a passar a pior fasse da minha vida, separei-me em Janeiro e descobrir á semanas que o meu marido já tem uma namorada e agora já está com urgencia em resolver o divorcio, eles tem uma facilidade enorme de rapidamente refazer a vida (não quero com isto ofender nenhum homem), mas cada vez mais noto que é assim.
Eu ainda por cima tenho 2 filhos pequenos e dou comigo a pensar muitas vezes que também não vou encontrar ninguem, que vai ser muito complicado porque tenho que pensar sempre primeiro nos meus filhotes.
Por isso, faço regularmente terapia, para tentar encontrar um caminho, uma orientação.

Fiquem bem




Su escreveu:
Podia estar tão escaldada que não pensasse sequer no assunto, de uma nova relação. Mas o divórcio foi de comum acordo e amigável, se é que isso é possível. O amor acabou, ponto final, embora tenha ficado a sensação de fracasso, de desilusão.

A questão é que iniciei um busca ao príncipe encantado, por carência, pelo imenso amor que tenho para dar, pela solidão e ausência ,ou inexistência até agora, de carinhos, de companhia, daquele abraço, daquele aconchego, daquele olhar, daquele beijo que me fizessem sentir segurança, apaixonada, confortada, completa, de me ter esquecido como é sentir-me feliz... e por continuar a acreditar que existe uma tampa para este tacho. Onde quer que vá procuro na esperança de o encontrar, mas ou me tornei muito selectiva ou então estão todos (os disponíveis) em algum lugar por descobrir.
É que só me calham (descubro) indisponíveis!!!! Quando (finalmente) encontro alguém que me faz alterar o batimento do coração cedo ou tarde descubro que já tem princesa! E pior, é que até se mostram numa de "ah e tal sem responsabilidades e podes divertir-te com os errados até encontrar o certo". Desculpem-me os homens deste fórum, porque quero acreditar que não são todos assim, mas O QUE SE PASSA COM O SEXO MASCULINO????????

A juntar a este facto (que já se está a tornar padrão, foram já duas as vezes) está eu ligar-se muito facilmente a esse dito alguém que me agrada, seja porque me dá um pouco mais de atenção e é atencioso, ou por me levar a almoçar e me dar a sobremesa à boca, ou me tocar por leves instantes mas ser o necessário para me fazer levantar voo, ou me dar um elogio e me fazer sonhar acordada com ele, ou simplemente pela necessidade que de momento tenho que gostem de mim. Fico completamente fascinada por ele. Construo com cada filme cor-de-rosa, mas esqueço-me sempre que à meia noite a carruagem volta a ser uma abóbora e o príncipe se tranforma em cobra venenosa!

Acordada abruptamente durante o sonho, acabo sempre da mesma forma: a chorar compulsivamente, enraivecida, descrente em todo e qualquer tipo de felicidade, e a achar que vou ficar sózinha para sempre porque não valho nada e não vou aguentar tanta escuridão.
É como me sinto agora.

Odeio esta fragilidade. Sei que se não gostar de mim primeiro ninguém o fará, e que se não deixar de procurar então que é a tampa não vai aparecer, até porque so far a minha procura tem sido infrutífera e só consigo atrair más energias.

Algum de vocês se viu já nesta insistente procura? Estarei obcecada?
Algum de vocês já conseguiu superar a fase da carência somente com vocês próprios por companhia? Como?


Sad

Su
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:06 pm

[quote="micha"]É dificil, são momentos complicados e por vezes ficamos mesmo descrentes, o principal é não desistir e focarmos mais em nós.
Quanto melhor nos conhecermos melhor capacidade temos em encontrar relacionamentos diferentes dos anteriores.
Ainda ontem na SIC passou uma reportagem de mulheres divorciadas, e nessa reportagem falava-se de como procuramos sempre os mesmo homens, os mesmos relacionamentos, isto porque não nós conhecemos bem.
Eu propria estou a passar a pior fasse da minha vida, separei-me em Janeiro e descobrir á semanas que o meu marido já tem uma namorada e agora já está com urgencia em resolver o divorcio, eles tem uma facilidade enorme de rapidamente refazer a vida (não quero com isto ofender nenhum homem), mas cada vez mais noto que é assim.
Eu ainda por cima tenho 2 filhos pequenos e dou comigo a pensar muitas vezes que também não vou encontrar ninguem, que vai ser muito complicado porque tenho que pensar sempre primeiro nos meus filhotes.
Por isso, faço regularmente terapia, para tentar encontrar um caminho, uma orientação.

Fiquem bem




Micha, bem vinda em primeiro lugar.
Quanto ao facto de ser mais fácil para os homens ou não, e obviamente falo por mim, não foi fácil ao inicio, fiquei alem de tudo o mais triste, ainda hoje em dia por vezes o fico.
No entanto, e isso varia de pessoa para pessoa, também de nada nos serve ficar a "lamber as feridas" eternamente.
Quero com isto dizer que uma separação doí, deixa-nos em baixo psicológica e fisicamente, mas temos que saber dar a volta e acreditar em nos próprios.
E aqui neste cantinho, vais seguramente encontrar muito apoio, carinho e compreensão.

Fica bem
Voltar ao Topo Ir em baixo
sandra
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1005
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:07 pm

"Eu ainda por cima tenho 2 filhos pequenos e dou comigo a pensar muitas vezes que também não vou encontrar ninguem, que vai ser muito complicado porque tenho que pensar sempre primeiro nos meus filhotes."

De facto com crianças pequenas parece tão dificil pensar num futuro amoroso... eu sei disso (a minha tem 3 anos)... mas com tempo as coisas vão parecendo melhores e menos urgentes... (ja estou div há mais de 2 anos)... E o importante é mesmo reencontrarmos o nosso espaço, o nosso equilibrio e bem estar sem q isso dependa de um terceiro...

Agora, isto é tudo muito bonito de dizer... quando nos envolvemos ou nos queremos envolver pensar com clareza não é fácil... e tentar não apressar pensamentos tb não é fácil... Mas o tempo é fantastico... Não me reconheço na pessoa q existia ha dois anos!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lolablue
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1136
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:15 pm

Sandra:

Costumo ser eu com esse tipo de discurso. Sou eu que encho estes post's de positivismo, de alto astral, de gestão de expectativas, blablablabla...

Mas hoje estou em baixo de carago e apesar de tudo o que apregoo, acabei por alimentar determinadas expectativas sobre uma certa situação (entenda-se, pessoa) e tou-me a dar mal...

E há alturas em que, de facto, fico um pouco com essa sensação: tenho 38 anos, 2 filhos pequenos e que não será fácil voltar a encontrar o amor.

O curioso desta história é que nem me stressa assim tanto - aliás, não me stressa nada - não aparecer ninguém com quem divida a vida, os espaços. É como já afirmei no post "voltar a casar; sim ou sopas?" - definitivamente, sopas.

Mas gosto do estado de paixão, gosto das sensações de viver no "arame". E não creio - pelo menos, não hoje - que isso vá acontecer...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 3:20 pm

Lola, nao quero ser do contra, mas:

Se algo aprendi a muito custo é que quando realmente deixamos de procurar algo, acabamos por encontrar quando menos esperamos.

Podes te estar a desiludir com alguém, mas um dia não te iras desiludir, e nesse dia sim serás feliz.

Força
Voltar ao Topo Ir em baixo
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 5:39 pm

Lola affraid

mas o que é isso!! Cabeça erguida, não deixes de acreditar no amor... Gaita!!!

Sei que há dias que nos sentimos mais em baixo, mas sabes bem que isso são momentos, e a vida é mesmo isso, momentos bons e momentos maus. Quanta gente descobre o verdadeiro amor apenas aos 50 anos... e mais vale tarde que nunca! Não nos podemos é manter em baixo ou deixar de acreditar pois assim estaremos a afastar as energias positivas. Quando estamos alegres atraímos as pessoas mas quando estamos tristes acabamos por afastá-las.

Não me importo de ainda ter de passar por algumas desilusões, desde que nunca perca a esperança de encontrar aquele amor. Tudo serve para nos tornarmos mais fortes. Tudo serve para crescermos como pessoas.

Ânimo mulher... e nada de fumos Twisted Evil come cenouras cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Su
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/06/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 6:56 pm

Obrigada a todos pelas vossas palavras de conforto.

Há dias mesmo em que faz-se caminho para trás e o desânimo me assola por completo.

Quero acreditar, quero muito acreditar, e vou tentar não procurar, tentar..., e simplesmente acreditar que um dia há-de aparecer...para todos nós.

Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Ter Set 23, 2008 7:38 pm

Su

tens 27 anos... tens a vida inteira à tua frente... e tens duas opções: ser optimista e tentar ser feliz com as pequenas coisas que a vida nos dá OU ser pessimista e não apreciar as pequenas coisas que a vida nos dá... leva a vida a sorrir, mesmo que te apeteça chorar, vence esses medos, tu és maior que eles.

Beijinho sunny
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lolablue
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1136
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Qua Set 24, 2008 1:58 am

Obrigada, postalita

Sei que tens razão. Mas há dias em que, de facto, só se quer chafurdar na autocomiseração, ter pena de nós próprios, de nos sentarmos a um canto a lamber as nossas feridas...

Ontem foi um desses dias. Hoje, parace também ser. Mas vou lutar contra essa vontade. E vou pôr-me para cima outra vez. Ai se vou...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Su
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/06/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Qua Set 24, 2008 3:28 am

Postal,

Obrigada pela força.
Apesar dos 27...dou comigo na opção pessimista diariamente. Sad Mania de querer tudo muito depressa, quando a vida tem sabor é devagar.
Custa tanto re-erguer e sem vislumbre do que o amanhã será...apenas um buraco negro, é o que hoje vejo. E se há os dias em que consigo levantar a cabeça, outros há como os dos últimos dias em que me sinto a afogar...

Lolablue,

Sinto-me como tu. Lamber as feridas e tentar sará-las com as lágrimas.
Fazemos a nossa própria vontade é verdade, mas temos de ter vontade... e é isso que me falta...

Obrigada por estarem aí, não me sinto tão sózinha.

Beijinho
Voltar ao Topo Ir em baixo
caramelo
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 304
Data de inscrição : 24/09/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Qua Set 24, 2008 3:41 am

Ola, apesar de as x ler o forum, hoje decidi registar-me para mandar uns bitaites...

Em relação a este tema gostava de saber o porque de uma relação pos-divorcio ser considerado um tormento?
O ser humano não é um ser para ficar sosinho, todos precisamos de ter alguem ao nosso lado que nos ame, que nos de afecto.
Vejo que muitas mulheres aqui, e que tem filhos concentram as suas energias neles....pois deixem-me dizer que apesar dos filhos serem as coisas mais importyantes na vida, voces nunca se sentirao completas nem realizadas como mulheres....so como maes.
Não ponham de parte esse sentimento de ser mulher....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Qua Set 24, 2008 6:29 am

Oh caramelo Very Happy (bonito nick)

Não é uma questão de meter esse sentimento de parte... é uma questão de TEMPO para ser mulher Laughing

Quando a minha filha me der mais disponibilidade, lá para os 15 anos affraid talvez tenha mais tempo para ser MULHER, até lá vou sendo mãe, sem deixar de ser mulher, claro Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lili
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 425
Data de inscrição : 19/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Qua Set 24, 2008 5:57 pm

Lola, miga,

Força. Eu sei que há dias em que nos sentimos bem e outros em que desabamos.
Vais ser muito feliz, nao tenho duvidas, és uma boa pessoa e com bom coração.


Su,

fiquei sensibiizada com as tuas palavras.

Acho que a solidão, a tristeza, o medo de ficar só para sempre são sentimentos comuns a uma grande parte de nós.
O encontrarmos um grande conforto em pequenas coisas é o resultado de uma grande carencia afectiva que também é normal nesta fase das nossas vidas.

Tenho falado com várias pessoas e chego á conclusão que nao vale a pena procurar, as coisas simplesmente acontecem, quando menos esperarmos, não podemos é fechar o coração.
Mas também nao podemos procurar desesperadamente. Temos que nos conhecer melhor, saber viver apenas connosco, e quando estivermos de bem com a vida, com o nosso ser, então aí o amor surgirá naturalmente, no momento certo.

Não desanimes Su, és muito nova e tudo vai melhorar.

Beijinhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
safira
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 8
Data de inscrição : 25/09/2008

MensagemAssunto: pós divorcio vs familiares Dom Set 28, 2008 5:06 pm

Qual o tempo de espera entre um divorcio e uma nova relação?
O meu divorcio foi visto pela minha familia como uma catástrofe. Como é possivel, parecia o casal perfeito??? Afinal, todos parecem...
A todo o custo tentam-nos tirar todas as explicações possiveis para entenderem o que nos leva à decisão de "rescisão" do contrato, obrigando-nos muitas vezes a contar toda a nossa vida como que lhes dando alguma justificação credivel.
A miha mãe inclusivé me aconselhou um psiquiatra....enfim!
Inicialmente foi bastante dificil conseguir provar que estava 100% ciente da minha decisão e que apesar da dor que iria acarretar a todos que estavam ligados a mim, era algo que me iria trazer mais felicidade, mais alegria e que era essencial para conseguir continuar a viver. Recuperar a minha personalidade que à muito me tinha abandonado: já não reconhecia quem todos os dias via no espelho...
Não tenho por hábito falar da minha vida pessoal, mas a fase inicial da ruptura quase que me sentia obrigada a faze-lo, senti-me bastante exposta a todos e todos opinavam e criticavam a minha vida.
Horrivel...Neste momento sinto que as pessoas já se acomodaram à minha nova condição social:Divorciada.
Estou oficialmente divorciada desde fevereiro. Entretanto, encontrei um amigo que conheço a nivel profissional à alguns anos e que tambem se encontra recentemente divorciado e a amizade deu faisca...o amor invadiu a minha vida.

Alguem completamente diferente do meu ex-marido, carinhoso, mais educado, muito mais calmo e paciente e um excelente conversador e gosta da minha filha, dão-se bem e brincam bastante.
É alguem que me faz bem, não me recordo de sentir tanta paz na minha vida...

No entanto, não sei como inseri-lo na minha vida perante os meus familiares. Acho que a imagem do meu ex-marido ainda está tão presente para eles. Alem de que a minha mãe acha que eu agora devia de me manter assim.

É alguem com quem gostava de partilhar a minha vida mas não sei como dar o passo seguinte...nunca pensei que isto acontecesse tão rápido mas penso que não há tempo tabelado que defina o compasso de espera entre relações...
Voltar ao Topo Ir em baixo
roger
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 237
Data de inscrição : 28/09/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Dom Set 28, 2008 5:21 pm

ola safira

penso que a partir do momento em que tenhas o teu espirito limpo e sereno, qualquer altura é boa altura para uma nova relação, o essencial é saber distinguir dentro de nós se é veradeiro o que sentimos se é falta de carinho e carencia afectiva, se o que sentires é veradeiro, de certeza que todos os que gostamd e ti, aceitarao o teu novo amor, porque gostam de ti. penso que os passos que possas dar tem de ser feitos mais devagar, para que todos possam aceitar e nao olhar de lado, porque infelismente existem sempre os julgamentos e isso pode afasta-lo a ele sem tu quereres.

as maiores felicidades para ti e ainda bem que tens uma faisca dentro de ti
Voltar ao Topo Ir em baixo
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Dom Set 28, 2008 5:32 pm

Safira
O Roger já te disse tudo e muito bem. Bolas, fiquei sem palavras com as tuas palavras Roger, muito acertadas!
Como ele disse há pessoas que nos julgam, por isso vai com calma, e vais ver que na altura certa vais saber como inseri-lo no ambiente. E se a tua filha já se ambientou é meio caminho andado.
Que bom é ter essa faísca! Aproveita o amor Safira I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
safira
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 8
Data de inscrição : 25/09/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Dom Set 28, 2008 5:52 pm

Sim, a calma é o lema que temos adoptado nesta nova fase...
Sinto que encontrei a minha alma gemea, como alguem dizia neste forum o tacho para a panela...
E foi esse sentimento que me levou a aceitar o que surgiu. Foi tudo tão rapido mas bonito...foi alguem que me ajudou imenso em todo este processo e me deu bons conselhos inclusive quando já nao tinha mais paciencia para as ameaças do meu ex-marido.

Não se trata de procurar uma aceitação mas sim compreensão. Já conheço a familia dele sou muito bem tradada, inclusivé a minha filha que é vista como uma neta. E isso sensibiliza-me muito...Agora falta a minha parte.

Roger estou plenamente de acordo contigo, devo ir devagar. Sempre vivi a correr e uma coisa que prometi a mim mesma no inicio desta nova fase foi saborear com mais calma todos os momentos da vida sem pressas.
No entanto por vezes parecemos dois criminosos pois até evitamos andar juntos para evitar comentários...a minha filha já falou dele ao meu ex-marido.
Já me disse barbaridades, insinuasões, nomes...seguia-me varias vezes e só descansou quando descobriu com quem andava, em que cafe parava e onde morava a nova pessoa que entrou na minha vida...e isso é algo que me incomoda pois não acho que tenha o direito de o fazer.
Afinal tambem tem as suas novas relações e isso a mim não me afecta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Postal
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2237
Data de inscrição : 28/07/2008

MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento? Dom Set 28, 2008 6:40 pm

Safira
Espero que a tua familia te compreenda. Fala primeiro com quem tens mais afinidade, tipo irmãs ou irmãos e lentamente vais ver que te apoiam. E não penses no que os outros pensam, as pessoas por vezes são maldosas e não gostam de ver os outros felizes. Aproveita a fase que estás a viver e não deixes que ninguém te impeça de buscar a felicidade. I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Relações pós-divórcio: um tormento?

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Relações pós-divórcio: um tormento?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 22Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 14 ... 22  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Divórcio :: LIDAR COM O DIVÓRCIO :: Períodos pós-divórcio-
Ir para: