divórcio, separação, filhos, apoio emocional
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se    

Compartilhe | 
 

 À beira do Divórcio (IV)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
don_spiritone
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 31
Data de inscrição : 28/10/2011

MensagemAssunto: À beira do Divórcio (IV) Sex Ago 24, 2012 2:43 am

Eu também tentei a todo o custo, mesmo tentando perdoar algo que não se perdoa, e não funcionou. Quando uma das partes não rema no mesmo sentido é muito díficil, se não impossível, chegar a bom porto.

Continuo a tentar aprender a lidar com a situação e a tentar redescobrir-me como (uma melhor) pessoa. É uma luta dia a dia, devo dizê-lo...

Há dias bons e dias maus, mas temos que pensar positivo e acreditar que podemos ser felizes de novo.

Força...
Voltar ao Topo Ir em baixo
MARIALX
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 94
Data de inscrição : 02/03/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sex Ago 24, 2012 9:59 am

Olá,

Histórias repetem-se....Tentamos tudo por tudo, mas numa relação têem q ser os dois a querer....Acaba...Não resulta....Estou sozinha há quase quarto meses, e cada dia q passa as coisas ficam mais fáceis, não há duvida q o tempo está a nosso favor, penso q o primeiro ano será o pior, o primeiro aniversário dos miudos, o primeiro dia da mãe, o primeiro Natal.....

Muita força para todos, e afinal de contas podemos contar uns c os outros Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
sandra.alves
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 16
Data de inscrição : 12/08/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sex Ago 24, 2012 2:32 pm

Obrigada Leunam

Pois...eu ainda estou a dar um tempo...já vai em 2 semanas para ele refletir e pensar duas vezes porque temos uma filha e de fato é mais barato em comum acordo...aliás noutros tempos já tínhamos conversado sobre isso e ele assinava deixando-me a ficar a viver em nossa casa com a filha e depois quando vendesse-mos a casa logo partilhávamos os bens etc. Era óptimo..mas agora mudou de ideias...está agressivo, revoltado e não perde uma oportunidade para fazer violência psicológica.

[/quote]


Olá!

Desculpe a minha sinceridade mas acho que se ele quisesse dar-lhe o divorcio já o tinha feito. Eu sei o que é violencia psicologica pois infelizmente passei pelo mesmo e continuo a passar o o meu ex-marido não perde uma oportunidade para tal!
Ele adora exibir a namorada trazendo-a para a minha porta, insulta-me pelo telefone...
O que meu ex me fez foi horrivel e depois de 16 anos de relação e com dois filhos pequeninos ganhei coragem e pedi o divorcio.
Como tenho dificuldades financeiras não avancei de seguida com o o processo de partilhas, mas não aguento mais!

Preciso de paz!

Vou pedir apoio juridico à segurança social. Pode fazer o mesmo.


Pense na sua menina e tenha força!

Beijinho

Sandra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedro78
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 47
Data de inscrição : 02/02/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sex Ago 24, 2012 3:49 pm

Olá,

Agradeço a todos vocês as palavras de apoio que me deixaram:Bem Hajam!

É realmente muito difícil!!!Sinto-me muito triste.

Haverá alguma forma de minimizar esta dor?! Só o tempo é que me poderá ajudar?!

Muita força tb p/ todos vós!



Voltar ao Topo Ir em baixo
xad
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 671
Data de inscrição : 04/01/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sex Ago 24, 2012 4:51 pm

[Olá pedro ...

Estas triste ???

Que se passa???

Aqui encontras a ajuda necessária ...

Força , muita força !!!


quote="Pedro78"]Olá,




Agradeço a todos vocês as palavras de apoio que me deixaram:Bem Hajam!

É realmente muito difícil!!!Sinto-me muito triste.

Haverá alguma forma de minimizar esta dor?! Só o tempo é que me poderá ajudar?!

Muita força tb p/ todos vós!



[/quote]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedro78
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 47
Data de inscrição : 02/02/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sab Ago 25, 2012 4:03 pm

Olá Xad,

É duro, muito duro...
Apesar de ter a consciência que dei todas as oportunidades, que desculpei imensas coisas e que fui além do razaável, penso se terá sido o divórcio o caminho a seguir?!
Mas que raio!!!Claro que foi o caminho certo!Porquê...porque é que aquela questão não me sai da cabeça?!
Como me posso abstrair de tud o isto?!

Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
xad
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 671
Data de inscrição : 04/01/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Dom Ago 26, 2012 10:22 am


Olá Pedro ...

Antes de mais desejo-te força , muita força ...

Não te deixes abater por nada , levanta a cabeça e seguer em frente , não olhes para tras.

Todos nós passamos por momentos de tristeza , confusão e a pensar em coisas que não devemos ...

Sai , diverte-te com os amigos ( Novos de preferencia) , se fores como eu , mete a cabeça no trabalho para seres bem sucedido.

Serias feliz??? será que tens uma nova oportunidade para o ser ??? Gostarias de viver em mentiras , solidão , etc...

Segue em frente , é dificil eu sei , mas segue e quando lá chegares , vais saber que afinal es forte .

Abraço forte e pensa que o sol vai nascer mais forte e sorridente .



Pedro78 escreveu:
Olá Xad,

É duro, muito duro...
Apesar de ter a consciência que dei todas as oportunidades, que desculpei imensas coisas e que fui além do razaável, penso se terá sido o divórcio o caminho a seguir?!
Mas que raio!!!Claro que foi o caminho certo!Porquê...porque é que aquela questão não me sai da cabeça?!
Como me posso abstrair de tud o isto?!

Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leunam
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 550
Data de inscrição : 05/07/2010

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Ter Ago 28, 2012 3:16 am

Quando é que as pessoas vão aprender a gostar mais de si próprias?
Quando é que as pessoas vão valorizar os seus direitos?
A violência psicológica é muito grave. Ninguém tem que aturar isso!
Não deixem o coração bem perto da “boca”, pois depois podem ter dissabores.
Façam silêncio. Ouçam o que diz o coração e depois usem o cérebro.
Não respondam…
O silêncio tem um poder magnifico. Mostra inteligência!
*Sun Tzu já dizia, que se ouvir muito barulho do outro lado da trincheira, é porque o “inimigo” está com medo e por isso deve-se atacar!
Se do outro lado não se ouvir nada, deve-se ter cuidado, pois o inimigo de certeza que vai atacar!
*Sun Tzu / A arte da guerra / 722 a.C. – 481 a.C.
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Ter Ago 28, 2012 3:26 am

[
*Sun Tzu já dizia, que se ouvir muito barulho do outro lado da trincheira, é porque o “inimigo” está com medo e por isso deve-se atacar!
Se do outro lado não se ouvir nada, deve-se ter cuidado, pois o inimigo de certeza que vai atacar!
*Sun Tzu / A arte da guerra / 722 a.C. – 481 a.C.
[/quote]

Pois...é isso mesmo! bounce
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 2:53 am

Não está fácil...

Se bem se lembram da minha história eu pedi o divorcio e ele diz que não assina. Estou a deixar ele absorver e perceber que mesmo para a filha o melhor é assinar...mas não está fácil:

Chama-me nomes (nomes daqueles mais sórdidos que podem haver), acusa-me de estar a destruir a família e de querer afastar a filha dele. Eu digo-lhe que isso não vai acontecer...ele poderá vir ver a filha sempre que puder.
Neste momento estou a dormir no sofá da sala e ele está constantemente a acender a luz e a jogar-me água para a cara. Eu sei que isto é violência psicológica..e sei que se quisesse faria queixa dele mas estou a aguentar na esperança que amanhã ele deixe de fazer este jogo e aceite a situação...não fala com ninguém nem com um amigo...está simplesmente revoltadíssimo, não aceita as minhas razões e pensa que eu tenho alguém!
Eu tento manter a calma e a tolerância porque não quero partir para um divorcio litigioso...
Só gostaria de vos perguntar uma coisa: Se eu sair de casa com a minha filha estarei a perder alguma coisa de futuro?
Digam-me o que fariam? Eu neste momento estou a ter algum receio dele e está a tornar-se insustentável coabitar na mesma casa que ele.
Por um lado eu percebo-o porque de fato alguém tem que ficar com a minha filha e ele doi-lhe o coração só de pensar que não vai acordar ao lado dela!!! Eu tenho pena dessa situação porque ele sempre foi um excelente pai e eu sei que isso vai custar-lhe muito...
Em suma, ele só vive comigo porcausa da filha entendem?
Neste momento eu estou aguentar-me mas não sei até quando!!

Obrigada pelo desabafo mas comentem qualquer coisa porque estou a precisar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nélia
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 74
Data de inscrição : 27/05/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 5:25 am

Olá Sandra

Não deixes que ele te trate assim, por mais triste que ele se possa sentir, não justifica em nada as atitudes dele.
Se realmente queres o divórcio, sai de casa, não tens que aguentar com os maus tratos.
Resolve a tua vida, vê o melhor para ti, ele vai acabar por aceitar o divórcio mais cedo ou mais tarde.

Quando eu pedi o divórcio (o amor tinha acabado), não existia uma terceira pessoa como também fui acusada, para ele foi dificil aceitar, principalmente por causa dos nossos filhos, não queria estar longe deles.
Acabamos por optar pela guarda partilhada, pensamos ser o melhor para eles, até a data têm corrido tudo muito bem.

Manter um casamento por causa dos filhos não é solução. Eles não podem ser felizes se os pais não o forem.

Muita força, desabafa sempre que precisares eu sei como isso ajuda.

Beijinhos

Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 7:08 am

Nélia escreveu:
Olá Sandra

Não deixes que ele te trate assim, por mais triste que ele se possa sentir, não justifica em nada as atitudes dele.
Se realmente queres o divórcio, sai de casa, não tens que aguentar com os maus tratos.
Resolve a tua vida, vê o melhor para ti, ele vai acabar por aceitar o divórcio mais cedo ou mais tarde.

Quando eu pedi o divórcio (o amor tinha acabado), não existia uma terceira pessoa como também fui acusada, para ele foi dificil aceitar, principalmente por causa dos nossos filhos, não queria estar longe deles.
Acabamos por optar pela guarda partilhada, pensamos ser o melhor para eles, até a data têm corrido tudo muito bem.

Manter um casamento por causa dos filhos não é solução. Eles não podem ser felizes se os pais não o forem.

Muita força, desabafa sempre que precisares eu sei como isso ajuda.

Beijinhos



Nélia muito obrigada mesmo as tuas palavras foram diamantes, acredita !
Por mim saía de casa mas se saio ele pode legalmente agarrar-se a qualquer coisa entendes?
E além disso vou para onde?
A minha familia mais proxima fica a 30km de onde resido atualmente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nélia
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 74
Data de inscrição : 27/05/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 7:41 am

Sandra,
O facto de saíres de casa, não sei as desvantagens que te possa trazer.
Se ele continuar a insistir em não te dar o divórcio, vais continuar a viver nesse inferno?
A meu ver é preferível estar junto da família que sempre te consegue dar apoio do que estares nesta situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 7:58 am

Nélia escreveu:
Sandra,
O facto de saíres de casa, não sei as desvantagens que te possa trazer.
Se ele continuar a insistir em não te dar o divórcio, vais continuar a viver nesse inferno?
A meu ver é preferível estar junto da família que sempre te consegue dar apoio do que estares nesta situação.

Pois...tens toda a razão mas tenho receio que se estou a sair estou a abandonar o lar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Leunam
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 550
Data de inscrição : 05/07/2010

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 8:13 am

Diva.
A tua situação é complicada, mas acredita que muitas outras situações também são complicadas.
O que estás a passar é violência doméstica e por isso… crime!
Tens família a 30 km? O que são 30 km quando comparado com a paz de espirito?
Penso que deves deixar bem claro, que não são os teus filhos que se vão separar. Deixa bem claro que és tu que te queres separar e que não é por essa razão que ele vai deixar de ter contato com os filhos.
Por outro lado, entendo que também deves dizer-lhe que na próxima vez que te ofender, vais direta á policia e que apresentas queixa.
Certamente já fizeste ameaças e como não cumpriste… ele agora não te leva a sério.
No entanto, se fores á policia fazer queixa (e mesmo que não vás), isso não é considerado abandono do lar. Além de mais, antigamente usava-se esse termo, mas hoje já não faz sentido!
O património (regime de adquiridos ou comunhão de bens) é sempre dos dois e por isso estás salvaguardada.
Por outro lado, hoje não é preciso culpa para se pedir o divórcio. Nem é preciso motivo! Basta uma das partes não querer!
Vives num país democrático! Isto está mau, mas não se chama Iraque, nem Arabia!
Tu não és propriedade de ninguém.
Entendo que se saíres de casa não estás a perder nada. Perdes é a continuar a viver ao lado dele!
Os vossos filhos, querem é ver os pais felizes (os dois)! Com mau ambiente não são felizes, logo os filhos também não. Inclusive, há “traumas” que ficam nas crianças, precisamente por terem vivido com uma família que não se respeita (por isso já não é família).
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 8:18 am

Obrigada Leunam pelas tuas palavras....

Haja coragem, pois de fato pensei que tudo fosse ficar mais pacífico mas não....
Voltar ao Topo Ir em baixo
sandra.alves
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 16
Data de inscrição : 12/08/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 12:09 pm

diva escreveu:
Obrigada Leunam pelas tuas palavras....

Haja coragem, pois de fato pensei que tudo fosse ficar mais pacífico mas não....

Coragem Diva!

Se casou em regime de comunhão de adquiridos o fato de sair de casa não a irá prejudicar.
Com a nova lei isso já não conta pelo menos no meu caso isso não importou
Sei o que está a sentir pois também sofri violencia psicologica por parte do meu ex marido e aguentei pelos meus filhotes!
Tem pena dele por ser um bom pai mas e você? Não tem o direito a ser feliz?
Ele está a ser egoista e se realmente é o seu desejo se divorciar saia de casa! Pode ser que ele veja que não está a brincar e mude de ideias
Tem o direito a ser feliz junto com a sua menina!

Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Qua Ago 29, 2012 12:14 pm

Obrigada Sandra pelas palavras

Bjs
Voltar ao Topo Ir em baixo
joyce44
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 30
Data de inscrição : 02/03/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Sab Set 01, 2012 6:00 am

Olá Pedro,

Também quero desejar-te força , muita força ...
Eu levei muito anos a decidir fazer o passo do divorcio, hoje nem sei dizer se fiz bem, mas analisando os factos, viver mal, triste, sem amor sincero, só de conflitos contínuos... não é vida para ninguém.

Tu és bem jovem, e digo-te tentar salvar um casamento que estamos ciente que estará sempre torto... eu preferia ter o feito há 10 anos atras, perdi muitos anos… sofri muitos anos… isso enfraqueça uma pessoa moralmente, acho.
Mais novos somos, penso que pode ser – talvez - mais fácil encarar a separação e seguir em frente.

Para mim também, a separação real foi um golpe final que custa muito… mas com o tempo
esperamos que vai passar…
A vida esta a tua espera lá fora, anima-te, vais reconstruir outro futuro…
Coragem.
Joyce
Voltar ao Topo Ir em baixo
bisa
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 40
Data de inscrição : 05/07/2010

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Seg Set 03, 2012 7:35 am


Olá Diva,

Não sei se o que vou dizer que te poderá ajudar muito, mas vou dizer-te a minha experiencia de vida.
fui casada 30 anos, tive violencia fisica e psicologica durante 30 anos.
Também fui sempre pensando que as coisas um dia melhoravam. Tinha alturas que lhe falava no divorcio e ele para além de dizer que não assinaria, ameaçava-me de tudo fazer em tribunal e com os conhecimentos que ele tinha, de me tirar os filhos ( 2).
Eu acabei sempre por ir permitindo todo o tipo de violencia ( e olha que fui algumas vezes parar ao hospital muito mal), sempre com medo de ficar sem os filhos e na esperança de dias melhores. Até porque o amava muito.
Resultado: nada melhorou, pelo contrario, foi tudo piorando, os anos foram passando e ao fim de 30 anos, não houve outra alternativa que não fosse o divorcio ( pedido por mim).
Ainda hoje é um inferno as coisas que ele me vai fazendo.
Mas uma coisa é certa, vivo a minha vida com paz, faço o meu trabalho, tenho os meus amigos ( alguns deles aqui do forum, pessoas expectaculares) e os filhos vão me dizendo que já devia ter pedido o divorcio mais cedo.
Por isso, não estejas com ele só porque ele não assina.
Acima de tudo, é necessario teres bem a noção do que queres para ti e para a tua criança, e tomares atitudes.
A violencia, mesmo que psicologica, tem tendencia a piorar, nunca a melhorar.
Força.
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Seg Set 03, 2012 2:14 pm

Muito obrigada pelas tuas palavras.

É sempre bom falar com pessoas que já passaram pelo mesmo

Cumprimentos
Diva
Voltar ao Topo Ir em baixo
maisuma
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 299
Data de inscrição : 28/04/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Seg Set 03, 2012 5:04 pm

Olá diva

Hoje voltei a este forum para deixar um agradecimento a quem,há uns meses atrás me apoiou.Quando procurava o local apropriado,passei por aqui e não posso deixar de lhe dizer que cada caso é um caso,mas o nosso parece-nos muito mais negro,simplesmente porque ainda não vimos a luzinha ao fundo do túnel...apenas porque o trajecto tem muitas curvas, o caminho é longo,estamos cansadas,e andamos no pára-arranca.Mas ela existe;eu vi!
A Bisa tem razão quando diz que a violência,ainda que a psicológica só tem tendência a piorar...Estive casada 21 anos e sentia na pele...na pele não,porque essa deixa marcas que os amigos,vizinhos e colegas veem...e nisso ele era muito cuidadoso!As outras "marcas"provavelmente demoram muito mais a curar e sobretudo se contarmos a alguém,dificilmente acreditam porque o agressor até é alguém com muito charme no social,o problema só está debaixo do nosso tecto,dentro das 4 paredes!
Quando finalmente tomamos a decisão,que se calhar não deveríamos ter adiado tanto,é porque realmente já não aguentamos mais...e nessa altura é muito mais importante gostarmos de nós,do que ficarmos a pensar o quanto gostamos um dia daquela pesssoa.
Quase 3 anos depois de me ter separado,mas apenas a 2 meses do divórcio(porque ele complicou tudo)cheguei a mais uma fase deste processo...
No meu caso,se o casamento foi mau(por issoterminou) o divórcio foi bem pior...
Mas nós sobrevivemos e uma coisa é certa"o que não nos mata torna-nos muito mais fortes",acredite!
Beijos
Voltar ao Topo Ir em baixo
JPA
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 29
Data de inscrição : 12/08/2012

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Seg Set 03, 2012 6:58 pm

Estou em processo de divorcio em que estão envolvidas as minhas crianças...! A solução que está em cima da mesa é de uma guarda partilhada na N/ casa, connosco ( eu e a minha futura ex-mulher) a viver na mesma...! O que acham...??

Qual a V/ situação??

Obrigado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
diva
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 59
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Ter Set 04, 2012 2:48 am

Olá maisuma !

Tens toda a razão...a tendência é piorar mas parece que ele apesar de não aceitar já está mais conformado e já estamos a negociar...
Obrigada pelas tuas palavras...

JPA

No meu caso um de nós vai vender a sua parte da casa ao outro (partilha do bem).
Acredito que essa solução que apresentaste por motivos pessoais poderá funcionar provisoriamente mas depois tem que haver separação efetiva...
Voltar ao Topo Ir em baixo
don_spiritone
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 31
Data de inscrição : 28/10/2011

MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV) Ter Set 04, 2012 3:05 am

JPA, digo-te por experiência própria que isso não vai funcionar ou por outro vai dar origem a atritos e problemas. Se for uma solução temporária, talvez seja possível geri-la durante pouco tempo, mas a médio prazo não funciona. Como disse a diva, terá que existir separação efectiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: À beira do Divórcio (IV)

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
À beira do Divórcio (IV)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 6Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Divórcio :: LIDAR COM O DIVÓRCIO :: O Pré-divórcio-
Ir para: