divórcio, separação, filhos, apoio emocional
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se    

Compartilhe | 
 

 Aspectos práticos/questões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15  Seguinte
AutorMensagem
MSP
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 119
Data de inscrição : 28/06/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Dom Jul 24, 2011 1:26 pm

Olá maisuma,


obrigada... Pois nas reuniões com os advogados, só temos mesmo direito a tratar da questão para o/a qual o/a contratámos. Qualquer coisa que "fuja" do assunto... É isso: a resposta é, sim claro! (mas custa €€€), dizem eles... como se não soubesse-mos disso. Mas alguma coisa é de Borla???

na penúria??? não, faz um acordo... (alguns aceitam)...
Voltar ao Topo Ir em baixo
a67
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 8
Data de inscrição : 04/07/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Dom Jul 24, 2011 1:28 pm

maisuma escreveu:
Em principio eu pagarei ao meu ex,só que ele quer muito mais do que já foi pago ao banco
Obg pela resposta e conselhos...

O que ele quer e o que a lei lhe permite te são duas coisas diferentes Wink

Arranje um bom advogado, caso possa claro, mas há sempre a hipótese de pedir apoio judiciário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
leicamjm

avatar

Masculino
Número de Mensagens : 3
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Atribuição casa de Familia Sex Ago 19, 2011 12:43 pm

Atribuição casa de familia, saí de casa para começar o meu divorcio, pois já nao aguentava mais , divorcio saiu logo de saida amigavelmente , e eu deixei ficar na casa de familia a mae dos meus filhos , embora eu tenha ficado com a guarda dos dois filhos menores na casa emprestada de um irmão meu, mas estou a ficar cansado e sem dinheiro , pois a casa é compra minha em solteiro, mas despezas sao mais que muitas e estou a precisar da minha casa , ou aluga-la para assim obter alguns euritos , mas isto está muitoooo complicado.
Alguem tem uma dicazinha que seja, sugestão qq coisa .
Mto Obrigado
Paulo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Susan
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 5
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Tirar o meu nome da hipoteca da casa Sex Ago 19, 2011 2:24 pm

Obrigada pelas Bem-vindas Maria Conceição

Sei que tems razão em que dizes. Estou com esperança que o tempo cura tudo. Tenho de ver o lado positivo.

A minha preocupação agora e com a hipoteca que esta no meu nome & do meu ex. O meu ex quer ficar com os nosso apartamento, eu voltei a casa dos meus pais & cá por mim ele pode ficar com o apartamento.
O problema e que quando compramos há 4 anos atrás, antes de nos casarmos,a hipoteca foi a 100% com a entrada mensalmente dos nossos dois salários. Duvide que com só um salário, o do dele, que o banco BBVA aceite que ele tome posse do empréstimo da hipoteca.
Gostaria saber se mais alguém já passou por esta situação? Eu quer e tirar o meu nome do empréstimo da casa. Não lhe e possível ter fiador & o meu ex tive problemas financeiros no passado. Como ainda não conseguimos vender a casa, que esta no mercado já há 4 meses, estou preocupada :-(

Susan x
Voltar ao Topo Ir em baixo
pmachado99
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 54
Data de inscrição : 06/04/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Ago 19, 2011 2:48 pm

Olá Susana,
Hás-de conseguir resolver o problema da casa. Enquadramento actual não está muito favorável mas não é preciso entrares em stress (não resolve nada e vais-te consumir ainda mais!). "Há solução para tudo menos para a morte".
Fica bem Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Susan
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 5
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Ago 19, 2011 2:52 pm

Obrigada pmachado , espero que sim :-D
Voltar ao Topo Ir em baixo
brisa do mar
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 20/03/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Ago 20, 2011 2:51 am

olá. Fez a partilha? Em que regime casaram? consulte um advogado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
leicamjm

avatar

Masculino
Número de Mensagens : 3
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Ago 20, 2011 6:18 am

a casa nao entra na partilha , pois é um bem de solteiro. Casamento em regime de adquiridos .
Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
MSP
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 119
Data de inscrição : 28/06/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Ago 20, 2011 8:11 am

Olá,

Se a casa não entra nas partilhas, é sua certo? então fixe uma renda á sua ex...


Boa sorte!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Just
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 2642
Data de inscrição : 10/07/2009

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Ago 20, 2011 8:41 am

Saíres do empréstimo só com a autorização do banco e desde que o banco aceite passar a divida para o nome dele, caso ele tenha rendimentos ou em alternativa prolonguem o tempo do empréstimo.

Não existe outra hipótese.

No entanto, a última coisa que o banco quer neste momento é mais uma casa devolvida e possivelmente estarão predisposto a um acordo que noutras ocasiões não estariam.

Vão (ou vais tu) falar com o banco em vez de fazerem cenários. Em função dos rendimentos dele e do valor em dívida, logo dirão alguma coisa.

Senão, tens a bomba atómica: ameaças entregar a casa ao banco, eles são obrigados a aceitar. Perdem o dinheiro que já pagaram, mas ficam com o nome limpo no Banco de Portugal

Se compraram antes de se casarem, é um bem comum e nada têm a ver com as partilhas do divórcio.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Susan
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 5
Data de inscrição : 19/08/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Ago 20, 2011 10:19 am

Obrigada Just pela informação.

Vamos falar com o gerente da agência & logo se vê.



Voltar ao Topo Ir em baixo
brisa do mar
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 20/03/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Dom Ago 21, 2011 5:37 am

é sua porque foi adquirida amtes do casamento mas é a casa de morada de familia. Existem outras condiionantes. Como jurista não vou discutir aqui o caso poruqe não tenho elementos por isso aoonselho onsultar um colega.~
Boa sorte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
MSP
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 119
Data de inscrição : 28/06/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Ago 22, 2011 10:11 am

Olá, brisa

Eu precisava muito de um com experi~encia....


Obrigada
Voltar ao Topo Ir em baixo
brisa do mar
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 20/03/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Ago 22, 2011 1:53 pm

Olá Como não sei de onde é, aconselho a pedir ajuda à ordem que lhe indique um nessa especialidade, dentro da sua zona de residencia.

Tudo de bom
Voltar ao Topo Ir em baixo
MSP
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 119
Data de inscrição : 28/06/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Ago 22, 2011 2:22 pm

Olá Brisa,

Obrigada.

Bem haja!
Voltar ao Topo Ir em baixo
brisa do mar
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 20/03/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Ago 22, 2011 2:38 pm

Vai correr tudo bem. O tempo vai ajudar e o advogado tb :-)
Voltar ao Topo Ir em baixo
JM

avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Data de inscrição : 05/09/2011

MensagemAssunto: Aspectos práticos/questões Seg Out 31, 2011 5:05 am

Bom dia,

Estou neste momento numa fase bastante complicada da minha vida...Neste momento estou a divorciar-me e não está a ser fácil....e preciso de ajuda e do vosso conhecimento....

Resumidamente, em Julho, após 1 anos e meio de casamento, tomei a decisão de separar-me e sai de casa.

Sou casada em separação de bens adquiridos. Casei-me em março do ano passado. Não compramos casa, arrendamos - o contrato está em nome dos dois e já foi denunciado - e os carros já tinham sido adquiridos antes do casamento. Não temos contas conjuntas nem somos titulares um do outro das contas antigas. Está tudo separado. Relativamente a ordenados, ele ganha substancialmente mais que eu..+/- 3000€. Eu ganho 1250€. Dado esta situação, no inicio da nossa vida em comum que foi 3 anos antes de nos casarmos, ele disse que pagava a renda de casa (900€) e eu assumia outras despesas como agua/luz/gas/meo/supermercado. E assim foi.

Entretanto vem a parte da separação por um conjunto de situações. Não nos conseguiamos entender. E então eu sai de casa. Dia 21 de Julho se não me falha a memoria. Ele ficou na nossa casa. Quando voltei de férias no final de Agosto, pedi-lhe o divórcio, amigavelmente.

A partir daqui resumidamente: Primeiro queria que eu lhe pagasse as rendas até ao final do contrato (os 120 dias habituais), mas como eu consegui chegar ao acordo com o senhorio de não termos de pagar mais nada, começou a inventar que queria a caução da casa (paga o ano passado em setembro: na altura ele pagou a caução e eu as mudanças). Depois disse que para alem disso queria metade do que recebemos de IRS - na altura tranferi esse montante mas ele disse que foi para pagar a casa e não para uso próprio. Disse que se não lhe pagar este valor que não me dá o divorcio e que temos que ir para litigioso...mas eu acho que isto só acontece quando há bens a dividir, coisa que nós não temos (estou certa??).

Em relação às coisas que temos em casa (moveis, etc), eu disse que só queria o que era efectivamente meu (comprado ou oferecido pelos meus pais), nomeadamente: as minhas coisas (roupa e afins - sou um pouco consumista....) e a televisão. Mais nada. Não quero moveis nem presentes que nos tenham dado aos dois. Por falar em presentes, os presentes que nos deram no casamento (que valem uma pipa de massa) estão em casa dos pais dele porque nunca houve interesse em leva-los para a nossa casa. Do meu lado apenas deram dinheiro que serviu para pagar a lua de mel e uma renda de casa...

Neste momento o que quero é: seguir a minha vida. Não quero nada dele. Nem nosso. Nem dinheiro, nem moveis, nem porra nenhuma.

O meu pai diz que eu não lhe tenho de pagar nada...claro que ele começou a ameaçar-me e a dizer que mais valia eu dar-lhe o dinheiro do que gastar em advogados. A irmã dele é advogada e por isso não tem que pagar nada...

Ontem fui a casa buscar umas coisas e claro que se desenrolou mais uma mega discussão. Tive que pagar as contas de tudo (Já lá vão mais de 250€...e são contas referentes a Agosto/Setembro/Outubro em que eu já não estava em casa) pois ele disse que me dava o divórcio se o fizesse. Claro que hoje já mudou de opinião...

Não sei o que fazer...ponho um advogado? Alguém têm ideia dos custos de um advogado e como se processa depois? Será que ainda lhe vou ter de pagar alguma coisa uma vez que era ele que pagava a casa?

Honestamente já não sei o que fazer...alguém me dá uma ajuda?

Obrigada
[justify]
Voltar ao Topo Ir em baixo
analu
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2596
Data de inscrição : 12/01/2009

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Out 31, 2011 5:18 am

Olá JM, hoje em dia basta um querer o divórcio.
Não têm bens para dividir, porquê o divórcio litijioso?
Não tenhas medo das ameaças dele, a partir do momento que saíste, as despesas referentes à casa é com ele, então se ele é que está a beneficiar delas!
Dá entrada dos papéis e acabou. Eu em 15 dias fiquei divorciada!
Vai em frente! Ele quer é complicar-te a vida! Não permitas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
JM

avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Data de inscrição : 05/09/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Out 31, 2011 5:27 am

Olá Analu,

O problema é mesmo esse: ele quer complicar-me a vida...! Ontem gritei tanto que até estou sem voz...está-me constantemente a pedir para pagar coisas...e que não tenho direito a nada...sei lá...

É possivel seres apenas tu a dar entrada dos pápeis? ele ontem disse-me que se eu desse entrada dos papeis, alem de ter de ter advogado e gastar mais dinheiro, ele ia contestar porque apenas podia pedir o divórcio uma ano após a data que sai de casa...e que ia estar a deitar dinheiro fora...

É só ir à conservatória e pedir?

Voltar ao Topo Ir em baixo
HFilipe
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 52
Data de inscrição : 06/06/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Out 31, 2011 5:47 am

ola JM. é verdade. tu podes ir a conservatoria ou ate sacar da internet as minutas do divorcio. mas para marcares data tens de ter a assinatura dele. senao a conservadora nao marca nada.

se ele nao quer o divorcio só ha uma soluçao. litigioso

nem pensem nisso. a serio. pois é mt custoso tanto em valor monetario como emocional. é um lavar de roupa suja, é um sofrimento pra toda a gente, nao so pra vcs os 2 mas para toda a falilia e ate circulo de amigos.

tenta falar com ele com calma, tentem ter uma conversa civilizada ( eu bem sei que é dificil ) mas é a melhor opçao para ambos
Voltar ao Topo Ir em baixo
JM

avatar

Feminino
Número de Mensagens : 3
Data de inscrição : 05/09/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Out 31, 2011 5:59 am

Olá Hfilipe,

Então se eu conseguir que ele assine esse documento, consigo depois marcar aquela sessão para o divórcio?

Sabes a onde posso fazer o download desse documento?

Falar com calma com ele é, infelizmente impossivel...acho que só se lhe pagar antes para falar com calma comigo... Very Happy (Há que ter sentido de humor dentro de tanta desgraça, não é?!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ROSA75
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 11
Data de inscrição : 18/10/2011

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sab Jun 02, 2012 5:37 am

Eu quero divorciar...e disse ao meu companheiro que quero ficar com a casa mas ele afirma que não sai desta casa...

Ele tem a casa dos pais e eu não...já faleceram...

Muito complicado...quero dar um x euros mas não ele quer que seja eu a sair...
Voltar ao Topo Ir em baixo
jbsn
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 4219
Data de inscrição : 18/10/2010

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Jun 04, 2012 2:47 am

É o problema tipico de partilhas. Queres saber como resolvi o meu? No meu caso saí de casa, disse-lhe a parte que achava que tinha direito. A resposta foi que era demasiado, ao que eu contrapus que se achava isso então eu dava-lhe esse valor (que ela tinha dito que era exagerado) e ficava eu com a casa. Resolveu-se logo!



Voltar ao Topo Ir em baixo
tarasofia
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2012

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Jun 04, 2012 8:02 am

Bem eu fiquei com a casa. Não lhe dei nada por ela, porque depois de a comprar fiz com que ele assinassem um acordo em que a casa não era um bem comum, porque de facto nunca foi, ele nunca entrou com um cêntimo que fosse, nem para a entrada, nem para uma unica prestação, nem tão pouco para uma simples cadeira... levou apenas o que era dele, e eu fiquei com tudo o que é meu.

Não me fez confusão ficar na casa, obviamente que sentia o vazio deixado, mas isso é apenas solidão, e recupera-se. Era o que mais faltava eu ficar sem o meu cantinho construido à minha vontade, pintado com as 'minhas' cores e com a mobilia que eu desenhei!
Voltar ao Topo Ir em baixo
NMJC
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Sem Luz ao Fundo do Tunel (*) Qua Jun 13, 2012 8:35 am

O meu caso e um pouco complicado mas resume-se assim, estou separado e tenho uma moradia para partilhar, que tem um emprestimo em anexo, a minha ex mulher desde o dia que saiu de casa, deixou de comparticipar para as despesas da Moradia alegando que nao deve nada ao banco,E JA LÁ VÃO 04 ANOS....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aspectos práticos/questões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 13 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Divórcio :: LIDAR COM O DIVÓRCIO :: Períodos pós-divórcio-
Ir para: