divórcio, separação, filhos, apoio emocional
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se    

Compartilhe | 
 

 Aspectos práticos/questões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte
AutorMensagem
rui
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 2304
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Depois do divorcio...as partilhas (*) Seg Nov 10, 2008 5:17 pm

Olá,
não sei se este assunto já foi abordado aqui no forum, agora não encontro nenhum tópico acerca disto. É o seguinte:
Nós (eu e a ex) comprámos uma casa com recurso ao crédito. Agora com o divórcio ela não quer a casa e eu não quero vender.A solução é a casa ficar só em meu nome. Eu gostaria de saber, se alguém me souber explicar, como se apura o valor da torna a pagar-lhe, tendo em conta que existe um empréstimo.
Alguém sabe ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
gonçalves
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 985
Data de inscrição : 01/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Seg Nov 10, 2008 5:58 pm

Gostava de ajudar rui..

Chegamos a um acordo e eu doei a minha parte aos filhos..
Ainda continuo a pagar a prestação da msm...

Sera melhor falares com um adv..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luís
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 468
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Ter Nov 11, 2008 7:38 am

Viva Rui,

Ou vocês chegam a um acordo sobre o valor da casa ou estão terá que ser avaliada. Aliás, para poderem alterar o contrato do empréstimo do nome dos dois para só o teu, o banco vai proceder a essa avaliação. Depois, na escritura de partilhas, e já com o documento do banco, deverá, aquando da marcação e respectivo requerimento para a mesma escritura, constar o valor das tornas que terás que dar à outra parte.

Terás então que dar em "tornas" metade do valor da avaliação, já subtraído do valor em dívida ao banco.

Por exemplo: a casa é avaliada em 100 000 Euros e devem 50 000 ao banco. Terás que dar de "tornas" 25 000 Euros à outra parte (metade do valor remanescente).

Tem atenção que também (se for tudo certinho) têm que avaliar o recheio da casa e aqui, uma vez mais, ou o dividem em valores idênticos, ou quem quiser ficar com tudo também terá que dar metade do valor total avaliado em "tornas" à outra parte.

Espero que tenha ajudado Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
tounessa
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 2288
Data de inscrição : 12/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Ter Nov 11, 2008 2:23 pm

Bens do casal – dívidas do casal = o que há a partilhar; exemplo: (valor da casa – dívida ao banco) / 2 = tua torna

A vossa dificuldade será entenderem-se quanto ao valor da casa.
Quem vende, tende a valorizar; quem compra, tende a desvalorizar.
Se não se entenderem, podem sempre recorrer a uma terceira pessoa ou entidade.

Caso consigam entendimento, é muito fácil:

(têm de estar divorciados para fazer partilhas)

  • Vão ao notário marcar uma escritura de partilhas. Devem sondar vários cartórios porque os preços variam;
  • com a escritura de partilhas outorgada, deslocas-te à respectiva Conservatória do Registo Predial para “que a casa fique só em teu nome”, por teres adquirido a parte da tua ex.
  • Com o registo feito na Conservatória, entreguem no Banco financiador uma certidão predial actualizada, a escritura de partilhas, e solicitem, por escrito, para a tua ex ser exonerada da dívida, para a dívida passar a ser só tua. O Banco vai querer saber se tens rendimentos para isso. Pode pedir fiador ou até recusar.

Para informações mais detalhadas, mais facilitadas até, procura aqui:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Espero não estar a transgredir qualquer das actuais regras do fórum, nesta ajuda totalmente desinteressada. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
rui
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 2304
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Ter Nov 11, 2008 3:58 pm

Obrigado a todos, foram suficientemente esclarecedores. Era mais ou menos o que eu pensava, mas tinha dúvidas. Mais uma vez, obrigado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
browneyed girl
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1660
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Ter Nov 11, 2008 9:27 pm

Vocês, Luís e Tou, são muito simpáticos mas... por acaso não saberão como fabricar um acelerador de partículas/partilhas?

O factor tempo tira-me o sono, como poderão ver pelo adiantado da hora... e já me estou a passar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luís
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 468
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 7:06 am

Ó rapariga de olhos castanhos; teoria tenho eu muita, mas a práctica... estou há 4 anos para fazer as partilhas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
browneyed girl
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1660
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 7:12 am

eh pá, isso não me pode acontecer....

4 anos é muitoooo ano Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
browneyed girl
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1660
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 7:47 am

Olha Luís, lamento imenso se fui rude, juro que não tive essa intenção.
A verdade é que a minha vida não pode ficar empacada por muito tempo.

Mas já antevejo no meu caminho alguns preciosismos que eu, muito sinceramente, dispenso e já dou comigo a pensar "ai, por aí não vou nem consinto que vás!"
Não sou miudinha. E tenho alergia à mesquinharia.
Quero muito que o pai dos meus filhos seja muito feliz. E rapidamente, se possível.
E por mim ele pode ficar com tudo o que há lá em casa, à excepção de um ou dois objectos pessoais que me foram oferecidos por gente que já não está cá neste mundo.
Mas já estou a ver o filme: tudo escritinho no papel até ao último tareco....

Vai ser muita teoria...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luís
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 468
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 9:41 am

No worries olhos castanhos.
No meu caso a demora prende-se simplesmente com o facto de eu não querer ser apontado como o causador de algum tipo de constrangimento à vida dos meus filhos, quando a outra parte alega que, ou não pode sair porque não tem capacidade para arranjar outra morada
Voltar ao Topo Ir em baixo
browneyed girl
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1660
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 9:50 am

Ooooh! Super pai/pateta!

Então fazes bem! Então 4 anos não são nada mesmo...
O que é que nós não fazemos pelos filhotes?
Voltar ao Topo Ir em baixo
tounessa
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 2288
Data de inscrição : 12/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 10:04 am

Pois, pois … partilhículas!

O acelerador de protões das finanças (dos outros) tem vindo a funcionar muito bem. Como sabes, cara BG, para esta entidade, uma célula só tem um protão, ou seja em português pátrio, uma família, um contribuinte de IMI (que liquidar me esqueci).

Mas, cara BG, se fores tu o protão, ou travas imediatamente o acelerador pondo muitas moedas nos carris, ou deixas andar e, mais forte ainda, ligas o acelerador do banco (onde eles se sentam). Só que este acelerador investe em neutrinos. E os neutrinos movem-se muito bem em todas as formas de matéria, pelo que os beneficiários das partilhas não tardam em aparecer numa ubíqua listagem de incumpridores. Até afectam o dinheiro de plástico.

Eis as formas canónicas. As que não respeitam os cânones, seguem nesta data por pombo-correio juntamente com uns litros de água quente para o teu spa. Por e-mail já seguiu um kiss.
Voltar ao Topo Ir em baixo
browneyed girl
.
.


Feminino
Número de Mensagens : 1660
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 10:13 am

Outro kiss para ti, Tou!

Olhem é dia de natacinha e esta mãe tem de sair a voar...

Prometo que vou ao meu mail, Tou. Podes abusar. E eu explico melhor a coisa.
Vale pra ti também, Luís.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rc
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 289
Data de inscrição : 15/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qua Nov 12, 2008 4:15 pm

Obrigada Rui por te teres lembrado deste assunto tão importante.
No meu caso, o meu ex-marido quis ficar com a casa, já dividimos o recheio e sei que tenho direito ao valor da torna.
Por incrível que pareça o meu ex não fazia a mínima ideia do que era isso, ou seja, não sabia que se eu quisesse teria pleno direito ao valor da torna.
Mas como quero paz na minha vida e quero que a papelada seja assinada o mais rápido possível, disse-lhe que não queria o dinheiro para nada. Felizmente não tenho filhos e estou na casa dos meus pais. Espero não me arrepender mais tarde de não ter exgido esse dinheiro ...
Obrigada a todos pelo esclarecimento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
NMJC
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qui Nov 13, 2008 3:00 am

Bom Dia

O meu caso e um pouco complicado mas resume-se assim, estou separado e tenho uma moradia para partilhar, que tem um emprestimo em anexo, a minha ex mulher desde o dia que saiu de casa e ja la vai um ano deixou de comparticipar para as despesas da Moradia alegando que nao deve nada ao banco, em bora queira receber a metade dela da Moradia, eu tenho pago tudo e agora queria resolver as coisas de forma a ficar com a casa e que ela me pagasse o que me dve da parte que tenho pago por ela, mas ela recusa-se a dar e a fazer a partilha, alegando que nao dve nada ao banco e que nao me deve nada a mim, quer que lhe de a metade da casa e que assuma o emprestimo na totalidade e nao quer saber de nada, ja falei por diversas vezes com o meu advogado e nao é assim como e que hei-de fazer para a fazer perceber que ela esta errada.... por mais que pense nao consigo chegar a uma conclusao. nao quero prejudicar mas tambem nao quero ficar prejudicado e queria refazer a minha vida e assim e complicado... alguem tem uma ideia que me possa dar.

Um Abraço a todos.

Nuno Miguel
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tuca
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 195
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qui Nov 13, 2008 3:04 am

No meu caso, a casa já era do meu ex-marido quando casámos. Ele herdou o terreno, pediu empréstimo só em nome dele, construiu a casa (nessa altura já namorávamos) e quando casámos fomos para lá morar.
Acontece que, como a casa era dele e eu ajudei a pagar as prestações da casa dele desde que casámos, quando nos divorciámos acordámos que ele me dava metade do valor das prestações que tinha pago desde o casamento até à separação. E assim foi.
Esse dinheiro vou utilizá-lo agora que comprei a minha casa. Não é muito, mas pelo menos dá para mobilá-la.


RC

Eu também não tenho filhos e também voltei para casa dos pais após a separação, o que me custou bastante, por isso decidi comprar um pequeno t1 e esse dinheiro vai dar-me uma ajuda.
Pensa bem se queres sair prejudicada e esse dinheiro pode vir a dar-te jeito mais tarde.

Beijos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rc
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 289
Data de inscrição : 15/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qui Nov 13, 2008 3:19 am

Tens toda a razão Tuca,

Mas onde é que ele vai arranjar o dinheiro para me pagar?
Do recheio ainda me deve à volta de €300,00, e diz-me que não o tem para me pagar ... imagina o resto!
Comprámos a casa em conjunto há cerca de 5 anos, não faço ideia quanto é que ele teria de me pagar ao certo, mas não deve ser pouco.
E tenho algum receio que se lhe for exigir o dinheiro, ele me faça a vida negra, pois sempre foi muito forreta Neutral
Voltar ao Topo Ir em baixo
tounessa
.
.


Masculino
Número de Mensagens : 2288
Data de inscrição : 12/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Qui Nov 13, 2008 10:24 am

Casos como o do NMJC acontecem muitas vezes.
Quem sai de casa, homem ou mulher, esquece-se que, apesar do divórcio ou da separação, não deixa de continuar devedor do empréstimo ao Banco, do imposto (IMI/Autárquica) às Finanças, das quotizações do Condomínio ou dos Prémios dos Seguros. Se os dois deixarem de pagar, as finanças incomodam primeiramente só um deles, ao passo que o Banco incomodará de imediato os dois. É nestas situações que dívidas a estas entidades podem funcionar como aceleradores de partilhas.

Quem depois da separação continua a pagar ao Banco, ao Condomínio, às Finanças, às Seguradoras, terá sempre, em princípio, o direito de reclamar metade destes pagamentos nas partilhas. Partilhas feitas por mútuo acordo ou por recurso ao Tribunal. Quem recorre ao Tribunal, além de pagar ao advogado, terá que pagar custas. Tudo isto somado à morosidade do processo, mais o facto de a maioria dos advogados ir retardando as partilhas para facturar ainda mais, leva a aconselhar que não se siga esta via.

Quem já fez as partilhas e não ficou com a casa, deve ter a preocupação de saber se ainda continua devedor do respectivo empréstimo. Deve ir ao Banco pedir para ser exonerado da dívida, apresentando a escritura de partilhas e a certidão predial para provar que a casa já não lhe pertence, que agora é apenas do seu ex. Claro que a decisão é do Banco, embora este não levante problemas quando a outra parte tem rendimentos ou fiadores suficientes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tuca
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 195
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 14, 2008 3:38 am

RC

No meu caso o meu ex-marido pediu um empréstimo pessoal para me pagar as tornas.
Mas lá está, é preciso haver consenso e boa vontade.
Ele nunca me quiz prejudicar, sempre me apoiou na compra da minha casa e ainda há agora me disse que se eu precisasse de ajuda com as mudanças ou quisesse alguma coisa que tivesse lá deixado em casa dele que lhe dissesse.
É claro que não vou querer nada do que ficou para ele, mas apreciei a atitude dele.
Se achas que é melhor saires prejudicada do que "comprares" uma guerra com ele, compreendo-te perfeitamente. Eu também tive de abdicar de algumas coisas e não me arrependo.
Boa sorte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rc
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 289
Data de inscrição : 15/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 14, 2008 3:58 am

Pois é Tuca,

Parece que o teu ex-marido tem bom senso, coisa que o meu não tem ...
É uma criança em ponto grande!
Vamos ver se não vou realmente "comprar" essa guerra, pode ser que me encha de coragem e exija tudo aquilo que é meu por direito.

Obrigada e Bjks!
Voltar ao Topo Ir em baixo
caramelo
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 304
Data de inscrição : 24/09/2008

MensagemAssunto: Dividas... Sex Nov 28, 2008 6:37 am

O mais lixado mesmo num divorcio....é quando se fazem investimentos para a vida....e quando acaba o casamento....se fica com eles atras para pagar.

Alguem anda a procura de casa... rabbit
Voltar ao Topo Ir em baixo
Charlie425
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 303
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 28, 2008 6:46 am

eu preciso é de vender What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
DH
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1016
Data de inscrição : 15/10/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 28, 2008 6:47 am

Tenho uma casa enooooorme e linda para vender Smile Depois posso pensar em comprar Very Happy

Mas isso não é o pior do divórcio, é só mais uma das coisas práticas a resolver, não é?
Voltar ao Topo Ir em baixo
caramelo
.
.
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 304
Data de inscrição : 24/09/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 28, 2008 6:51 am

Eu considero isto mesmo o pior do divorcio...ate pk no meu caso fui em que o pedi..... o mercado anda tao mal para vender casas que ate me passo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lolablue
.
.
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1136
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões Sex Nov 28, 2008 7:14 am

Estamos todos no mesmo barco... Rolling Eyes

Fazer o quê?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aspectos práticos/questões

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aspectos práticos/questões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 15Ir à página : 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Divórcio :: LIDAR COM O DIVÓRCIO :: Períodos pós-divórcio-
Ir para: